Dicas para o uso correto das máscaras

Dicas para o uso correto das máscaras

Neste artigo, iremos fornecer algumas dicas para o uso correto das máscaras faciais.

O Coronavírus pode ser espalhado por gotículas suspensas no ar quando pessoas infectadas conversam, tossem ou espirram.

Importante destacar que as máscaras profissionais (material médico cirúrgico industrializado) devem ter seu uso dedicado e exclusivo aos profissionais de saúde e pacientes contaminados, para os quais as máscaras não profissionais não têm utilidade.

A Anvisa, com a finalidade de promover e apoiar as ações para a saúde pública, elaborou as orientações a seguir sobre máscaras faciais para uso não profissional.

REGRAS BÁSICAS

  1. Máscara é de uso individual e não deve ser compartilhada;
  2. Deve-se destinar o material profissional (máscaras cirúrgicas e do tipo N95 ou equivalente) para os devidos interessados: pacientes com a COVID-19, profissionais de saúde e outros profissionais de linha de frente em contato próximo e prolongado com possíveis fontes de contágio;
  3. As medidas de higiene e a limpeza das máscaras não profissionais em tecido e a eliminação periódica das descartáveis são ações importantes no combate à transmissão da infecção;
  4. Fazer a adequada higienização das mãos com água e sabonete ou com preparação alcoólica a 70%.

Entretanto, para o acesso amplo às mascaras, é importante que seu custo seja baixo e para fins de ampliar o acesso é importante que a máscara tenha baixo custo.

INFORMAÇÕES SOBRE TECIDOS

  1. 100% Algodão – características finais quanto à gramatura:
    1. 90 a 110 (usado comumente para fazer lençóis de meia malha 100% algodão);
    2. 120 a 130 (usado comumente para fazer forro para lingerie);
    3. 160 a 210 (muito usado para fabricação de camisetas).
  2. Misturas / Composição
    1. 90 % algodão com 10 % elastano;
    2. 92 % algodão com 8 % elastano;
    3. 96% algodão com 4 % elastano.

ADVERTÊNCIAS

  1. Não utilizar a máscara por longo tempo (máximo de 3 horas);
  2. Trocar após esse período e sempre que estiver úmida, com sujeira aparente,
  3. Danificada ou se houver dificuldade para respirar;
  4. Higienizar as mãos com água e sabonete ou preparação alcoólica a 70% antes de retirar a máscara;
  5. Retirar então a máscara e colocá-la para lavar;
  6. Repetir os procedimentos de higienização das mãos após a retirada da máscara;
  7. Não compartilhar a sua máscara, ainda que ela esteja lavada.

Alguma dúvida a respeito? Entre em contato conosco.